Uma Terrível Ameaça



DIA: 1


"Nós Kaelar sempre fomos um povo curioso, agora mais ainda já que começamos a documentar nossas descobertas desta nova, e estranha, terra. A pesquisa sobre a flora e fauna locais começou cuidadosamente, meus conhecimentos recaem sob as selvas locais, e somente os deuses sabem o que eu posso encontrar."



DIA: 3


"Infelizmente, o calor e a umidade que parecem acompanhar todas as selvas não estão menos presentes do outro lado do portal do que aqui. A comitiva encarregada de garantir minha segurança não deixou de expressar suas queixas sobre este assunto. No entanto, há uma tarefa a ser feita. E através da neblina, eu vislumbrei uma curiosa criatura emplumada. Um brilhante aluvião de azul e amarelo em contraste com o verde da floresta. Ele se virou para olhar para mim com um foco quase inquietante, antes de soltar um grito alto e fugir na direção oposta."



DIA: 6


"Minha pesquisa continua, com cada vez mais seres vivos novos sendo documentados a cada hora. E mais uma vez eu encontro a estranha e colorida criatura ao longo do caminho de nossa jornada. Foi mais perto dessa vez, me concedendo uma oportunidade melhor de estuda-lá. Ela possuía uma par de pernas negras com garras curtas, mas afiadas, e suas asas eram claramente subdesenvolvidas. Na verdade, esse pássaro foi condenado a uma vida de subsistência ao longo do chão da floresta. O mais curioso, e talvez mais enervante, é seu bico preto que está alinhado com o que pude descrever apenas como dentes. Esta estranha combinação de um bico duro, entrecortado com dentes afiados me levam a acreditar que é, de fato, um onívoro. Felizmente, ele não mostrou sinais externos de agressão, embora eu tenha certeza de que um ataque feroz deste pássaro derribaria um homem. Eu gostaria de pesquisar ele ainda mais, para o desgosto dos guardas, mas a promessa de uma bolsa de moedas mais pesada parecia motivá-los bem o suficiente."



DIA: 7


"Deuses, o perigo passou por enquanto, mas minhas mãos ainda tremem tanto. Finalmente encontramos o pássaro no centro de uma clareira, ocasionalmente ele virava para nos olhar. Nós entramos dentro da clareira para ter uma visão melhor quando a criatura soltou um grito estridente. Tudo de uma vez, de todas as direções, os malditos pássaros irromperam do dossel. Os guardas mantiveram-se por um tempo, cortando desesperadamente um caminho de volta para o mato. Era só uma questão de tempo até eles chegarem a mim e tudo que eu podia fazer era correr, correr e não olhar para trás. Esses pássaros são muito mais espertos e predatórios do que eu poderia imaginar, só agora eu percebo que nunca vi mais do que uma das criaturas juntas ao mesmo tempo. A criatura que eu e minha infeliz comitiva estávamos rastreando deve ter sido uma espécie de olheiro, que achou interessante nos atrair para seus irmãos. dizer que eu os subestimei é apenas evidencia da minha ingenuidade. Esta pequena caverna me permitiu iludi-los até agora, mas a luz do ambiente está desaparecendo. Porra, os expedicionários devem saber disso antes que mai…"


Autor: Intrepid Studios

Publicado em: 22/06/2019

Link do Artigo Original: https://ashesofcreation.com/news/a-fell-venture

Tradução Livre por: Evandro Mota de Souza

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo